Pausa para o café!

E para dar uma espiadinha nas nossas redes sociais!

 

5 Livros para inspirar sua vida, pessoal ou profissional

Houve um tempo, não muito distante, em que se acreditava que a vida era dividida em duas partes distantes: das 09h às 18h e das 18h01 até às 08h59 do dia seguinte. Nessa época, vida pessoal e profissional não se misturavam.

O pensamento contemporâneo, no entanto, não admite mais separar as pessoas dessa forma. Com isso, abordar temas relacionados ao desenvolvimento pessoal é tratar ao mesmo tempo de aspectos pessoais e profissionais, tal a transversalidade das questões.

A lista a seguir foi elaborada com esse objetivo: inspirar, de uma forma ou de outra, sua vida pessoal ou profissional. Boa leitura! 📚☕

O ano em que disse sim | Shonda Rhimes

Na minha lista

Se você é fã pelo menos de Grey`s Anatomy, sabe quem é Shonda Rhimes. Caso contrário, sugiro pesquisar sobre esses e outros trabalhos da produtora de televisão. Suas séries, definitivamente, valem a pena.

Em seu livro, ela conta como a conversa que teve com a irmã (Você nunca diz ‘sim’ para nada!), durante uma ceia de Ação de Graças, a levou a repensar a maneira como estava conduzindo sua vida.

Quantas vezes você pensou em dizer ‘sim’ para alguma oportunidade e não disse? Como isso impactou sua vida?

Ganhar mais, gastar menos e investir melhor | Denise Damiani

Selo Dedeski leu e recomenda

Atire a primeira pedra a moça que NUNCA teve dificuldades com alguma questão relacionada com dinheiro, seja ela ser mais bem remunerada, fazer um uso mais consciente do dinheiro ou saber como aproveitar melhor as oportunidades de investimento para aumentar o patrimônio.

Li o livro e conheci pessoalmente a autora durante o lançamento em outubro de 2016. De lá pra cá sigo seus passos e orientações via Facebook (segue lá tb!). Tenho desenvolvido minhas habilidades de ganhar mais e investir melhor.

É importante cuidar da carreira e mais importante ainda cuidar do resultado financeiro dela!

A coragem de ser imperfeito | Brené Brown

Selo Dedeski leu e recomenda

Você sabia que mulheres só se candidatam a vagas de emprego quando atendem 100% dos requisitos, enquanto homens já aplicam sua candidatura quando possuem apenas 60%?

Esse comportamento negativo é fruto de uma cultura que prega que mulheres precisam ser perfeitas, imaculadas, zero defeitos. Aceitar a própria imperfeição vai contra a busca cultural pela perfeição, seja ela no campo da estética, do trabalho, das relações, da maternidade, whatever…

Se você topa a jornada de repensar seu lugar e reencontrar seu valor dentro da sua história e vida nada perfeitas, fica a indicação. 😊

O mito da beleza: Como as imagens de beleza são usadas contra as mulheres | Naomi Wolf

Na minha lista

Em seu livro, a jornalista afirma que o culto à beleza e à juventude da mulher é estimulado pelo patriarcado e atua como mecanismo de controle social para evitar que sejam cumpridos os ideais feministas de emancipação intelectual, sexual e econômica conquistados a partir dos anos 1970. A autora trata da tirania do mito da beleza ao longo dos tempos, sua função opressora e as manifestações atuais no lar e no trabalho, na literatura e na mídia, nas relações entre homens e mulheres e entre mulheres e mulheres.

Mulheres que correm com os lobos, Clarissa Pínkola Estés (Selo “Livro de cabeceira da Dedeski”).

Selo Livro de cabeceira da Dedeski

Último e mais importante livro da lista, costumo dizer que “Mulheres que correm com os lobos” é um livro mágico. Ele veio parar em minhas mãos, do nada, em abril de 2011 e desde então tenho encontrado outras mulheres que também foram apresentadas à obra. Algumas são tocadas profundamente, como eu, outras não. Não me perguntem porquê, mas parece que existe um momento certo para o livro ser lido.

A analista junguiana Clarissa Pinkola Estés acredita que na nossa sociedade as mulheres vêm sendo tratadas como criaturas terríveis e violentas. Ao investigar o esmagamento da natureza instintiva feminina, a autora descobriu a chave da sensação de impotência da mulher moderna. Abordando 19 mitos, lendas e contos de fada, como a história do patinho feio e do Barba-Azul, Estés mostra como a natureza instintiva da mulher foi sendo domesticada ao longo dos tempos, num processo que punia todas aquelas que se rebelavam. Segundo a analista, a exemplo das florestas virgens e dos animais silvestres, os instintos foram devastados e os ciclos naturais femininos transformados à força em ritmos artificiais para agradar aos outros.

Se de alguma forma você se encontra esgotada, sobrecarregada, perdida na vida, pode ser interessante ouvir o que a Dra. Clarissa tem a dizer pra você.

Tags:
Claudia Dedeski
[email protected]

Administradora | Especialista em gestão de negócios e empresas | Trainee de blogueira

No Comments

Post A Comment












Conteúdo e inspiração na medida certa para motivar você!