Pausa para o café!

E para dar uma espiadinha nas nossas redes sociais!

 

Como sobreviver às mudanças no mercado de trabalho

Já parou para pensar o que você faria se, da noite pro dia, alguma mudança profunda surgisse e alterasse radicalmente sua vida? A tendência é encarrar esse tipo de pensamento como pessimista e justificar uma situação dessas como simplesmente um evento improvável demais! Deixamos a rotina diária nos fazer acreditar que tudo será sempre igual. Até que um belo dia não é. É aí que mora o problema! Deixamos de nos preparar para o inesperado. Então ficamos sem chão, sem saber muito bem o que fazer, como absorver o golpe.

Isso acontece muito com relação a empregos e mercado de trabalho. O mais comum é esse abalo vir na forma de uma demissão inesperada. Com menos frequência, mas não menos traumático, aparece na mudança mesmo, das carreiras e do mercado de trabalho. Quantas ocupações não desapareceram nos últimos anos, sendo substituídas por outras ou por uso de mecanização? E o cenário de determinada profissão que estava em ascensão quando você entrou na faculdade e agora, na hora da sua formatura, está na pior recessão?

No momento em que escrevo, novamente, a vida de TODOS no planeta foi impactada por uma pandemia como há muito não se via.

Por isso, para ajudar a reencontrar o equilíbrio depois do primeiro susto, comento abaixo uma série de atitudes que podem contribuir muito para atravessar essa e outras situações de mudanças, principalmente quando o assunto é carreira profissional e mercado de trabalho.

Aceite a mudança

É a primeira e mais difícil etapa! #sorry Aceitar que algo mudou; que alguma coisa era, já não é mais e dificilmente voltará a ser. Por mais doloroso que seja, acolha o que aconteceu. Quanto mais cedo for encarada a dor, mais rápido passamos pelo luto.

Trabalhe com o que você controla

Porque o que você não tem controle sobre, como uma demissão, nada pode ser feito mesmo, paciência! Concentre sua energia e inteligência em para focar no uso dos recursos que você controla: seu conhecimento, suas atitudes, seus pensamentos, o que você faz ou deixa de fazer, o que você pode produzir…

Seja flexível

Você levou anos para se tornar a pessoa que era até algo mudar. Da mesma forma, não espere de você conseguir se readaptar de uma hora para outra. Aceite que em vários (muitos mesmo!) momento você não será capaz de agir de acordo com a nova situação. Seja maleável. Lembre-se: materiais (e pessoas) maleáveis quebram menos sob stress. #ficadica

Seja compassiva e gentil com você mesma

Essa atitude está diretamente ligada com uma postura de flexibilidade. Para aceitar nossa incapacidade de atuar em nosso melhor diante de adversidades requer muita gentileza e compaixão conosco. Sem esse carinho e essa estima pessoal, o desgaste emocional para lidar com o novo cenário será maior.

Busque apoio da sua rede

Sua rede de apoio é composta por todo mundo que de alguma forma se relaciona com você: sua família, seus amigos, seus (ex-) colegas de trabalho, pessoas nas comunidades que você frequenta. Não deixe que o orgulho e a vergonha te impeçam de pedir ajuda a quem já está do seu lado. Faz muita diferença contar com o apoio de quem nos quer bem!

Em tempo: A verdade é que deveríamos estar em contato com nossa rede de apoio em qualquer momento, não esperar o pior acontecer para aí então procurar ajuda. Porque relacionamentos de qualidade necessitam de atenção e cuidados constantes.

Faça um balanço do momento e identifique pontos de aprendizado

Veja bem: fazer um balanço não é ficar remoendo o que aconteceu de negativo na sua vida. Reflita sobre o que aconteceu com a intenção clara de procurar as lições a serem aprendidas. Por exemplo: o que houve de errado e o que você faria diferente agora? Ou, que ação deveria ter sido tomada e não foi? Queira encontrar lições e não culpados.

Não esqueça suas conquistas

Mesmo que você tenha só 25 anos, são 25 anos de uma história única e que certamente não é feita só de fracassos! Por esse motivo, em momentos de dor e confusão, não deixe o que de ruim aconteceu obscurecer tudo o que foi conquistado até ali. Olhe para trás e identifique tudo que você construiu de positivo em sua vida. Uma vez me disseram: sua vida é uma história, não um momento no tempo. Está certíssimo!

Cuide do seu bem-estar

Eu sei que é difícil manejar o dominó que se instala na vida por conta de uma mudança. Você já estará focando em manter seu bem-estar mental e emocional. Por isso, procure, dentro do possível, não deixar de lado também o cuidado com sua saúde física. Ou seja, seguir com atitudes como cuidar da alimentação, da higiene pessoal diária, do sono e descanso e de alguma atividade física. Permita-se nesse momento pequenos momentos de prazer a alegria. Não é pecado algum querer ser feliz!

Claudia Dedeski
[email protected]

Administradora | Especialista em gestão de negócios e empresas | Trainee de blogueira

No Comments

Post A Comment












Conteúdo e inspiração na medida certa para motivar você!